A regulação dos discursos sobre letramento no Orkut: um breve ensaio

Autores

  • Patricia Camini UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.5106

Palavras-chave:

Alfabetização, letramento, Orkut

Resumo

O objetivo deste trabalho é examinar um recorte das produções discursivas sobre letramento no espaço virtual do Orkut. Ele se inscreve no âmbito das discussões que procuram estabelecer relações entre poder e produção de significados para as práticas docentes na alfabetização, à luz dos estudos de Michel Foucault. Para tal fim, o trabalho está organizado em quatro partes: na primeira, situa-se a pertinência do estudo, seus objetivos e filiação teórica; na segunda, analisam-se os discursos que pretendem ampliar o sentido de letramento para outras práticas, que não apenas as que envolvem a leitura e a escrita; na terceira, são abordados os sentidos atribuídos pelos(as) professores(as) às relações entre alfabetização e letramento, e, por fim, tecem-se algumas reflexões acerca da regulação da produção discursiva no Orkut sobre letramento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Camini, UFRGS

Pedagoga, formada em 2007 pela UFRGS. Mestranda em Educação, na linha dos Estudos Culturais em Educação, na UFRGS.

Downloads

Publicado

2008-07-30