Currículo e Cultura de Consumo: como jovens estudantes significam o consumo no espaço-tempo escolar

Vera Lúcia Gainssa Balinhas

Resumo


Neste trabalho são apresentadas reflexões sobre o consumo e seus significados para um grupo de dezesseis estudantes de ensino médio, de uma escola pública na cidade do Rio Grande, balneário Cassino, Rio Grande do Sul. O processo investigativo deu-se através de encontros coletivos e individuais que versaram sobre o consumo estudantil no espaço-tempo escolar. Foram selecionados alguns instrumentos para motivar os debates: diários, desenhos, instalação artística, visita ao McDonald’s e apresentação de documentário. Ao discutir os significados do consumo, buscou-se e foram encontradas algumas transgressões nos modos de consumir do grupo investigado. Mas não somente isso, o consumo também se constitui como marcador identitário, usado para conquistar status, reconhecimento, prazer, comunicar gostos e estilos de vida.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.5023

Direitos autorais 2008

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento