O processo de organização e desenvolvimento das práticas pedagógicas de acesso ao currículo a alunos vinculados à educação especial nos anos finais do ensino fundamental

Marcileno de Sousa Favacho, Sônia Regina dos Santos Teixeira, Orlando Sérgio Pena Mourão Júnior

Resumo


Este estudo analisou os processos de organização das práticas pedagógicas que contribuem para que alunos vinculados à educação especial de uma escola pública tenham acesso ao currículo, levando em consideração os diversos fatores implícitos que constituem o processo educativo. É uma pesquisa de abordagem qualitativa, de cunho histórico-cultural, orientada pela teoria de L. S. Vigotski. Essa abordagem visa o desenvolvimento humano e as relações sociais constituídas desempenham importante papel nesse processo. A produção de informações deu-se por meio de observação, entrevistas e levantamento documental, registrados em diário de campo, fotografias e gravação de vídeos. Participaram da pesquisa quatro professores de uma turma de 7º ano do ensino fundamental, uma professora bilíngue e uma profissional de apoio escolar – mediadoras que também atuam nessa mesma turma e desempenham suas funções de apoio pedagógico a dois alunos. Os resultados mostram que o processo de organização das práticas pedagógicas de acesso ao currículo tem relação direta com a formação de professores e as condições de trabalho docente. A intensificação e a flexibilização do trabalho docente são muito presentes no contexto pesquisado, no entanto, as tentativas de estabelecer relações na perspectiva colaborativa durante o processo de organização dessas práticas tem sido uma proposta reflexiva.


Palavras-chave


Práticas Pedagógicas; Educação Especial; Acessibilidade Curricular; Vigotski

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.114047

Direitos autorais 2021

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento