A formação de professores para/na a educação inclusiva: capacitação em colaboratividade no contexto do ensino remoto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.114011

Palavras-chave:

Formação Docente, Práticas Educativas Inclusivas, Colaboratividade.

Resumo

Verificou-se em nossa instituição a demanda de atender alunos com necessidades educacionais específicas (NEEs), tanto no âmbito pedagógico, quanto relativo à acessibilidade e inclusão, especialmente durante o ensino remoto. Observou-se também a demanda pela capacitação teórico-prática de licenciandos, no sentido de produzir um olhar mais atento e inclusivo do/no fazer docente. Nesse contexto, configurou-se o projeto “Capacitação, Acessibilidade e Inclusão”. Nossos objetivos dividem-se nos eixos: 1) propiciar atendimento pedagógico a alunos com NEEs, de forma colaborativa; 2) ampliar a formação de professores pré-serviço para práticas educativas inclusivas. Para tanto, a equipe foi composta por duas educadoras em serviço do IFRS e três bolsistas, graduandas das licenciaturas da instituição. Essas bolsistas atuaram como monitoras, atendendo virtualmente os alunos com NEEs durante o ensino remoto, mediando demandas pedagógicas individuais desses junto às diversas disciplinas e professores. Foram realizadas leituras dirigidas e dialógicas e encontros semanais da equipe do projeto, além de levantamentos de particularidades e planejamentos pedagógicos individualizados. Conclui-se que a formação de professores para a educação inclusiva, sob a perspectiva da colaboratividade, aqui contribuiu tanto para o desenvolvimento e aprendizagem dos alunos com NEEs atendidos durante o ensino remoto quanto para formação inicial e contínua das educadoras e bolsistas envolvidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diolinda Franciele Winterhalter, Instituto Federal do Rio Grande do Sul

Licenciada em Pedagogia pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM (2012). Especialista em Gestão Educacional - UFSM (2014). Mestre em Educação - UFSM (2015). Bolsista na Unidade de Educação Infantil Ipê Amarelo de 2009 a 2012, através do projeto de extensão "Uma interlocução entre pesquisadores, acadêmicos e o processo educacional vivido no Núcleo de Educação Infantil Ipê Amarelo - UFSM". Atuou como educadora infantil na mesma Unidade durante o primeiro semestre de 2013. Atuou como tutora no curso de Pedagogia EaD - UFSM/UAB (2013-2015). Professora de Anos Iniciais do Ensino Fundamental na rede Estadual de Educação (2014-2016). Professora na rede municipal de Educação Infantil Santa Maria-RS (2016/1). Atua como Pedagoga no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS).

Andrea Jessica Borges Monzón, Instituto Federal do Rio Grande do Sul

Possui graduação em Letras pela UNICAMP (1998), Mestrado em Linguística pela UFSCar (2008) e Doutorado em Letras pelas UFRGS (2017). Desde 2010, é professora de Inglês e Português no IFRS (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul) - Campus Feliz. Anteriormente, foi professora de línguas na educação básica e em escolas de idiomas. É membro do GELCORP-SUL (Grupo de Estudos em Linguística de Corpus do Sul), TERMISUL (Projeto Terminológico Cone Sul) e do CELinA (Conjunto de Estudos em Linguagens e Artes). Tem especial interesse por estudos acerca de ensino-aprendizagem de línguas, terminologia pedagógica, lexicografia pedagógica, ESP, EAP, leitura em LE, letramento, Linguística de Corpus, estudos do léxico e inglês para propósitos específicos.

Downloads

Publicado

2021-09-28

Como Citar

WINTERHALTER, D. F.; MONZÓN, A. J. B. A formação de professores para/na a educação inclusiva: capacitação em colaboratividade no contexto do ensino remoto. Cadernos do Aplicação, Porto Alegre, v. 34, n. 2, 2021. DOI: 10.22456/2595-4377.114011. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/CadernosdoAplicacao/article/view/114011. Acesso em: 7 ago. 2022.