A construção de Planos de Ensino Individualizados (PEIs) em um colégio de aplicação: trajetória e desafios

Camila Camilozzi Alves Costa de Albuquerque Araujo, Maria Carolina da Silva Caldeira, Ana Luísa Alves

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar o processo de construção de Planos de Ensino Individualizados (PEIs) no Centro Pedagógico (CP/UFMG), colégio de aplicação que oferta o ensino fundamental em tempo integral, com reserva de vagas para estudantes público-alvo da educação especial (PAEE). O PEI é um documento para registrar o processo de inclusão de educandos que demandem adaptações curriculares, sejam eles estudantes PAEE ou não, bem como para traçar as metas específicas de aprendizagem, os avanços e as dificuldades vivenciadas no contexto inclusivo. Com base na perspectiva da educação inclusiva e nas contribuições de Tannús-Valadão; Mendes (2018) e Poker (2013), pretende-se mostrar como o processo de discussão desses Planos tem se dado no Colégio, no período de 2014 a 2021, evidenciando os modos como eles são ressignificados na instituição e os embates que envolvem a construção desse documento. Para isso, foram utilizadas três estratégias metodológicas: pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e grupo focal. As análises indicam um processo constante na escola de reflexões a respeito do PEI, bem como desafios quanto à construção de um modelo adequado às demandas da instituição. Mostram também a necessidade de consolidação do trabalho coletivo para a produção desse documento e sua efetivação na prática.

Palavras-chave


Planejamento de ensino; Inclusão; Adaptação curricular; Plano de ensino individualizado

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.114006

Direitos autorais 2021

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento