Por uma cartografia do meio fio: a alfabetização do olhar na pesquisa com jovens em situação de rua em Porto Alegre

Paulina dos Santos Gonçalves, Anderson Rosa Ferreira

Resumo


Os estudos acerca das juventudes contemporâneas indicam tanto a premência da garantia de direitos e da promoção dos sujeitos pelas políticas públicas, quanto o caráter plural das presenças juvenis. No intuito de problematizar a possibilidade de fruição juvenil na rua, este texto aponta para as potências da pesquisa com jovens a partir da rua. Sugere-se que o pesquisador-educador deambule e se deixe capturar pelas cenas e sujeitos na luta cotidiana pela existência como pessoas jovens. Do ponto de vista metodológico, foram utilizados os registros dos autores em diários de campo e em redes sociais como espaços para narrar as imagens do pensamento. Ela compõe um estudo maior, no qual se investiga como jovens em situação de rua constituem suportes ou apoios em relação à proteção social, mirando nos processos de individuação em Martucelli. Também são levados em conta autores que estudam as juventudes. Os resultados apresentados anunciam as possibilidades da pesquisa com juventudes na rua como exercícios de deambulação, físicas e virtuais, e posicionamento.


Palavras-chave


juventudes, situação de rua, educação não escolar

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.111296

Direitos autorais 2021

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento