Os reflexos da pandemia da Covid-19 na vida de estudantes pretos e pardos do Brasil

Erica Rezende Perini, Flávia Marcele Cipriani

Resumo


O novo coronavírus foi identificado no mundo em 2019 e chegou ao Brasil em 2020, levando a população mundial a reorganizar seu modo de viver e a se deparar com vários desafios a serem superados, inclusive nas redes de ensino, que se viram obrigadas a se adaptarem aos moldes de educação remota. Assim, a partir de uma análise documental, discorremos acerca dos impactos da pandemia na vida escolar dos estudantes pardos e pretos, tendo em vista as adversidades que historicamente já fazem parte da vivência deste grupo, que geralmente pertence às classes sociais menos favorecidas. Como principal documento, foi utilizado o infográfico “O impacto do racismo e da pandemia na trajetória dos jovens negros no ensino médio”, além de dados relativos à qualidade do aprendizado, disponíveis em portais educacionais reconhecidos por órgãos legais, com vistas a esboçar a complexa condição de tais alunos para manterem a rotina dos estudos em 2020.


Palavras-chave


Pandemia. População negra. Educação. Índice de aprendizagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.111132

Direitos autorais 2021

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento