Juventude e educação: a música como influência no desenvolvimento escolar e a utilização de fones de ouvido entre os jovens de 15 e 17 anos

Daniele Martinez de Oliveira Coelho

Resumo


Nesta pesquisa, a partir de uma revisão bibliográfica e de coletade dados em campo, buscou-se: Estudar a função social da música e a influência que essa tem na vida dos jovens; Conhecer e analisar quais os gêneros e estilos musicais que esses indivíduos escutam; Identificar os motivos que os levam ao uso de fones de ouvido; E, descobrir se o uso constante dos mesmos podem ser uma distração e atrapalhar o seu desenvolvimento escolar. Para alcançar esses objetivos, dois procedimentos foram utilizados: estudo bibliográfico e questionário específico, de caráter quantitativo, com perguntas semiabertas destinado à estudantes de 15 a 17anos. Os resultados obtidos, por meio dos referenciais teóricos, indicam que o jovem tem a necessidade de criar uma imagem para apresentar-se aos outros e a música está intimamente ligada a esseprocesso de expressão, liberdade e aceitação em um determinado grupo. Essas informações são consolidadas na análise de dados, pois o público alvo em questão afirma ouvir determinados gêneros e estilos musicais para não se sentirem excluídos. Com isso, percebemos que a música está incluída no conjunto de códigos que caracterizam os círculos de amizade dessa faixa etária.


Palavras-chave


Juventude; Educação musical; Fones de ouvido

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.111008

Direitos autorais 2021

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento