Juventudes e educação para a diversidade em tempos pandêmicos: a experiência do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade do IFRS Campus Bento Gonçalves

Robert Reiziger de Melo Rodrigues, Leticia Schneider Ferreira

Resumo


Este relato apresenta os resultados de uma série de ações realizadas pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade (NEPGS) do Campus Bento Gonçalves do IFRS, em 2020. O NEPGS BG apresenta-se como um espaço de pluralidade e de incentivo ao respeito e a diversidade, constituindo-se como um espaço primordial na promoção dos direitos humanos no espaço escolar. Por ser uma política institucional do IFRS, a cada ano mais campi institucionalizam o seu Núcleo. No entanto, o NEPGS BG foi criado em 2015 pela demanda dos próprios estudantes, que primavam por uma escola livre de preconceitos e discriminações. Isso significa que, desde sua constituição, esse núcleo é pautado pelo protagonismo estudantil. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é divulgar a importância da autonomia discente na promoção da educação para a diversidade em tempos pandêmicos, utilizando-se de recursos digitais e pesquisas com foco em temas de interesse dos próprios estudantes.

Palavras-chave


Educação Básica; Ensino Tecnológico; Direitos Humanos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.110706

Direitos autorais 2021

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento