A importância da interdisciplinaridade entre Biologia e Arte para o ensino-aprendizagem de jovens alunos do ensino médio: uma revisão sistemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.110099

Palavras-chave:

Biologia, Arte, Interdisciplinaridade, Ensino Médio, Revisão Sistemática, juventudes

Resumo

Os problemas contemporâneos aliados ao perfil dos novos estudantes, reforçado com o ultrapassado ensino tradicional, demandam perspectivas educacionais transformadoras, que apontam a interdisciplinaridade como um importante caminho nesse cenário. Logo, esta pesquisa tem por objetivo responder às seguintes perguntas: “Como proporcionar a interdisciplinaridade entre Biologia e Arte no Ensino Médio de modo a estimular a autonomia e protagonismo dos jovens estudantes?” e “O que é pesquisado sobre o assunto e aplicado nas escolas brasileiras de Ensino Médio, com embasamento nas orientações da Base Nacional Comum Curricular (BNCC)?”.Nesse aspecto, possui como tema a “Interdisciplinaridade entre Biologia e Arte no Ensino Médio” e, para tanto, a metodologia utilizada pautou-se no tipo de pesquisa denominada como Revisão Sistemática ou Estado da Arte. Assim, o leitor encontrará três principais seções: a primeira versa acerca do papel da Biologia e Arte no ensino médio; a segunda aponta o perfil geral do estudante nesse período e a importância da interdisciplinaridade e a terceira descreve o processo de revisão sistemática. Os resultados revelam poucas variedades de interlocuções entre Biologia e Arte articuladas às habilidades e competências previstas na BNCC. Nas considerações finais alerta-se para a promoção da interdisciplinaridade entre os saberes, especialmente entre Biologia e Arte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carita Pelição, Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG

Aluna regular de mestrado no Programa de Desenvolvimento Humano e Tecnologias do Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista - Unesp, Câmpus de Rio Claro/SP. Pós Graduada em Neuropsicopedagogia e Educação Especial Inclusiva. Licenciada em Pedagogia e Artes Visuais. Atualmente é professora de Educação Infantil.

João Lucas Piubeli Doro, Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG Universidade Estadual Paulista - UNESP

Graduação em Bacharelado e Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista (UNESP - Bauru). Mestrando do Programa de Pós Graduação em Educação para Ciência da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP - Bauru). Participa do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Ambiental, Sustentabilidade e Ambientalização - GEPEASA, com a Linha de pesquisa: Saberes e práticas socioambientais em contextos educativos.

Júnia Cleize Gomes Pereira, Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG

Mestre em Letras/Estudos Literários pela Universidade Estadual de Montes Claros (2017); graduada em Letras Português também pela Universidade Estadual de Montes Claros (2013). Atualmente é professora efetiva do Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG - Campus Bambuí, atuando no ensino de Língua Portuguesa, Redação e Literatura na Educação Básica, Técnica e Tecnológica.

Downloads

Publicado

2021-04-28

Edição

Seção

Temática especial