A importância da interdisciplinaridade entre Biologia e Arte para o ensino-aprendizagem de jovens alunos do ensino médio: uma revisão sistemática

Carita Pelição, João Lucas Piubeli Doro, Júnia Cleize Gomes Pereira

Resumo


Os problemas contemporâneos aliados ao perfil dos novos estudantes, reforçado com o ultrapassado ensino tradicional, demandam perspectivas educacionais transformadoras, que apontam a interdisciplinaridade como um importante caminho nesse cenário. Logo, esta pesquisa tem por objetivo responder às seguintes perguntas: “Como proporcionar a interdisciplinaridade entre Biologia e Arte no Ensino Médio de modo a estimular a autonomia e protagonismo dos jovens estudantes?” e “O que é pesquisado sobre o assunto e aplicado nas escolas brasileiras de Ensino Médio, com embasamento nas orientações da Base Nacional Comum Curricular (BNCC)?”.Nesse aspecto, possui como tema a “Interdisciplinaridade entre Biologia e Arte no Ensino Médio” e, para tanto, a metodologia utilizada pautou-se no tipo de pesquisa denominada como Revisão Sistemática ou Estado da Arte. Assim, o leitor encontrará três principais seções: a primeira versa acerca do papel da Biologia e Arte no ensino médio; a segunda aponta o perfil geral do estudante nesse período e a importância da interdisciplinaridade e a terceira descreve o processo de revisão sistemática. Os resultados revelam poucas variedades de interlocuções entre Biologia e Arte articuladas às habilidades e competências previstas na BNCC. Nas considerações finais alerta-se para a promoção da interdisciplinaridade entre os saberes, especialmente entre Biologia e Arte.

Palavras-chave


Biologia; Arte; Interdisciplinaridade; Ensino Médio; Revisão Sistemática; juventudes

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.110099

Direitos autorais 2021

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento