Literatura e cultura do entretenimento: padrões de consumo entre jovens

Tatiana Prevedello

Resumo


Na sociedade contemporânea a relação entre literatura, cultura, mercado e entretenimento é bastante tênue. Diante destes elementos, a presente pesquisa objetivou investigar, entre o público juvenil de um Instituto Federal, seus comportamentos de consumo mediados pela influência literária. Walter Benjamin (1994) compreende que o objeto artístico e a literatura podem ser pensados como mercadorias que chegam ao público, passíveis de ser compradas e consumidas por muitos. Para Canclini (2008), os grandes fenômenos literários destinados ao consumo em escala global foram originados da influência capitalista em seus desdobramentos sociais e políticos e, também, auxiliam na dinâmica desses mesmos processos, ultrapassando o nicho literário. Buscou-se, assim, mapear, entre os jovens participantes, hábitos literários e culturais relacionados ao mercado e ao entretenimento. Para tanto foi utilizado o suporte teórico-metodológico, aliado à pesquisa de campo, com o propósito de estudar a relação que os jovens integrantes da pesquisa estabelecem com a literatura destinada ao consumo em grande escala e mediada pela indústria cultural. Verificou-se, por intermédio de um questionário autoaplicável, a situação socioeconômica dos alunos investigados, padrões de consumo e, de que maneira, a literatura com amplo alcance midiático tem exercido influência sobre o comportamento dos jovens em suas decisões de compra e entretenimento.

Palavras-chave


Literatura; Jovens; Consumo; Mercado; Entretenimento

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.109611

Direitos autorais 2021

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento