Memoriais na Educação de Jovens e Adultos: vidas, histórias, escritas reflexivas e autobiográficas

Rafael Arenhaldt, Juçara Benvenuti

Resumo


Este trabalho apresenta e reflete sobre uma experiência didático-pedagógica de escrita de Memoriais Formativos com sujeitos da educação de jovens e adultos (EJA) em uma escola pública de Porto Alegre. Buscamos, neste ensaio reflexivo, contextualizar esta experiência significativa empreendida com os estudantes da EJA do ensino fundamental, bem como visibilizar o dispositivo da escrita de memoriais como uma estratégia educativa potente nas trajetórias de vida. Em outras palavras, cabe aqui problematizar, enquanto disposição investigativa, de que modo os movimentos reflexivos são manifestos no processo de escrita autobiográfica. Ao relatar o trabalho desenvolvido em aulas do componente curricular Projeto de Investigação (PI), apresentamos os marcadores explicitados e evidenciados no processo de escrita deste público. Os encontros permitiram a preparação, o acompanhamento da construção e a própria produção do memorial.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.104479

Direitos autorais 2021

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento