Jogos eletrônicos e Educação Física escolar: um relato de experiência

Daniel Giordani Vasques, Nicole Marceli Nunes Cardoso

Resumo


Este estudo teve como objetivo refletir sobre o trato pedagógico dos jogos eletrônicos como conteúdo da Educação Física escolar nas séries finais do Ensino Fundamental do Colégio de Aplicação da UFRGS. O trato dos jogos eletrônicos baseou-se na concepção de que jogos ‘de movimento corporal’ e jogos ‘sem movimento corporal’ são parte do conteúdo, assim, ambos formatos foram trabalhados. Nesse caminho, uma discussão importante relacionou a percepção dos alunos frente à violência dos jogos e da vida real. Esse tema trabalhado aliou-se a outros dois debates atuais no campo dos jogos eletrônicos, temas em disputa discutidos em aula: O ‘vício’ em jogos e suas relações com a vida dos jogadores; A relação entre os jogos eletrônicos, e-sports, e os esportes tradicionais conduziu outro debate. Os ‘jogos com movimento corporal’ também foram tematizados. Nessas situações, o objetivo da aula era os alunos perceberem nos seus corpos diferenças e semelhanças entre ‘jogar virtual’ e ‘jogar real’. 

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.104420

Direitos autorais 2021

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento