Práticas corporais de aventura: uma experiência do PIBID educação física

Luciana Toaldo Gentilini Avila, Cláudia Lima de Souza, Rogerio Matias Soares, Nathalia Coelho Botelho, Lara Silva Schuerne, Sherelise Alves Duarte, Leonardo de Souza Rodrigues, Joana Barroco Pinto, Andre Luis Martins Pinto

Resumo


O objetivo deste trabalho será o de apresentar as percepções de licenciandos em Educação Física sobre o processo de ensino e de aprendizagem do conteúdo Práticas Corporais de Aventura a alunos dos anos finais do Ensino Fundamental. Trata-se de um relato de experiência de uma proposta de sistematização das Práticas Corporais de Aventura elaborada e planejada de forma colaborativa entre dez estudantes de um curso de Licenciatura em Educação Física de uma Universidade Federal brasileira, bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência, e dois professores. A aplicação desse conteúdo se deu em turmas de 6º e 7º ano do Ensino Fundamental em uma escola pública. O resultado da experiência obtida nesse processo gerou três categorias: facilidades e dificuldades para o ensino, experiências com o ensino das práticas corporais de aventura e aprendizagem dos alunos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.103130

Direitos autorais 2021

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 0103-6041
ISSN 2595-4377 (online)


Indexadores

Apoio e fomento