DETERMINANTES DO DESEMPENHO ECONÔMICO DAS MESORREGIÕES OESTE PARANAENSE E OESTE CATARINENSE ENTRE 1970 E 2000

Lucir Reinaldo Alves, Carlos Aguedo Nagel Paiva

Resumo


Esse artigo analisa os determinantes do desempenho econômico das mesorregiões Oeste Catarinense e Oeste Paranaense no período de 1970 e 2000, analisando a distribuição das atividades econômicas e as especializações mesorregionais. Essas duas mesorregiões possuíam algumas similaridades em suas estruturas fundiárias, estruturas competitivas e padrões de organização do trabalho em 1970. Além disso, elas apresentaram desempenhos econômicos muito superiores aos apresentados pelo conjunto do Sul do Brasil no período analisado. Utilizou-se como metodologia a aplicação do método estrutural-diferencial. Os resultados apontaram que a explicação desse desempenho superior esteve atrelada às opções produtivas (especializações), no período, de cada mesorregião. Assim, de forma geral, no período de 1970 a 2000, ambas mesorregiões se diversificaram, integraram os três macro-setores, e apresentaram uma indução de economias externas que se refletiu em melhores condições socioeconômicas, em comparação com outras mesorregiões e o próprio Sul do Brasil como um todo.

Palavras-chave


Análise regional; Mesorregiões; Desenvolvimento regional

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.9439



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456