O CAPITAL BANCÁRIO E A RELAÇÃO INDÚSTRIA-BANCOS NA TEORIA DE MARX

Claus Magno Germer

Resumo


O objetivo deste artigo é fornecer uma visão de conjunto dos fundamentos teóricos do conceito de sistema de crédito e de suas relações com o processo de reprodução do capital industrial na teoria de Marx. O conceito de sistema de crédito deste autor designa a estrutura de circulação de valores própria do capitalismo, articulada pelo sistema bancário e mediada pelo crédito ao invés do dinheiro, que é substituído pelo dinheiro de crédito. O sistema de crédito apóia-se, por um lado, no crédito comercial e na função de meio de pagamento do dinheiro e, por outro lado, no capital de comércio de dinheiro, no capital portador de juros e no crédito monetário, e completa-se com a constituição do sistema bancário, no qual todos estes elementos se combinam. Procura-se mostrar que o capital de comércio de dinheiro desempenha uma função central na articulação do sistema de crédito.

Palavras-chave


Marx e o sistema de crédito; Sistema bancário na teoria marxista; Relação indústria-bancos na teoria de Marx

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.9241



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456