OBESIDADE, DESNUTRIÇÃO E POBREZA: A INSEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL NA ÓTICA DO ESPAÇO SOCIAL ALIMENTAR

Cicero Augusto Silveira Braga, Lorena Vieira Costa

Resumo


O presente trabalho busca analisar a insegurança alimentar e nutricional (IAN)
através de uma abordagem objetiva. Entendendo a multidimensionalidade do tema, o trabalho o mensura considerando três aspectos: ingestão calórica insuficiente, obesidade e
proporção da renda gasta com alimentação. Essas medidas são escolhidas a fim de se entender as diferentes dimensões da IAN, aliadas às mudanças de hábito alimentar da população brasileira e aos diferentes impactos no bem-estar domiciliar. Utiliza-se, para tal, os dados da Pesquisa de Orçamento Familiar (2008). Os resultados são estimados a partir de três
distintas regressões logísticas. As evidências mostram que as características do ambiente e
do domicílio estão especialmente ligadas à IAN quando medida pela vulnerabilidade de
renda, evidenciando a provisão de serviços públicos de qualidade, além da estrutura urbana/rural, como fatores que impactam na IAN. Conclui-se que o tema possui um caráter
multidimensional e, portanto, aponta-se a necessidade de uma análise a partir de suas particularidades, exigindo esforços para uma metodologia mais complexa.


Palavras-chave


Insegurança alimentar; obesidade; ingestão calórica; análise de vulnerabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.87727

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456