CRIPTOMOEDAS E TEORIA MONETÁRIA: UMA INTRODUÇÃO

Jefferson Donizeti Pereira Bertolai, Victor Augusto de Almeida Oliveira

Resumo


O tradicional conceito de moeda é limitado e insuficiente para estudar o
fenômeno das “criptomoedas”. Um conceito de moeda mais sofisticado é apresentado
neste artigo como alternativa superior para estudar e analisar as criptomoedas.
Sua utilização permite concluir que a grande inovação monetária das criptomoedas
é viabilizar a geração de evidência confiável e flexível de produção de bens/serviços
sem o uso de monitoramento de ações dos responsáveis por sua emissão e gerenciamento.
A principal contribuição deste artigo é disseminar (i) o conceito alternativo de
moeda e (ii) o conceito fundamental de criptomoeda a partir do ponto de vista da Teoria
Econômica. Tal contribuição é especialmente importante para o meio acadêmico
brasileiro, no qual esses conceitos são pouco conhecidos.


Palavras-chave


Criptomoedas; Moeda; Monitoramento; Bitcoin

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.84874

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456