ANÁLISE DO IMPACTO DO PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA SOBRE A VIOLÊNCIA E O CONSUMO DE SUBSTÂNCIAS ILÍCITAS DOS JOVENS NAS ESCOLAS BRASILEIRAS

Kalinca Léia Becker

Resumo


O estudo analisa o impacto do Programa Saúde na Escola (PSE) na prevenção
da violência e no uso de álcool, tabaco e outras drogas. Com base nas informações
da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar, Pense 2015, estima-se o efeito médio do
tratamento (escolas que aderiram ao PSE) através do propensity score matching e do
método de Lewbel (2012), que se baseia na construção de instrumentos internamente
para lidar com o possível viés das características não observáveis que influenciam o
tratamento. Também é estimado o efeito do tratamento quantílico. Os resultados indicam
que o PSE contribui para a prevenção do consumo de drogas, cigarros e de brigas.
No caso do álcool e do bullying, não foram observados resultados significativos.


Palavras-chave


Programa de Saúde na Escola; Violência; Drogas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.80460

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456