EMPRESAS NÃO FINANCEIRAS E O IMPACTO DA ESTRATÉGIA MAXIMIZING SHAREHOLDER VALUE SOBRE O EMPREGO NO BRASIL

Luccas Assis Attílio, Anderson Cavalcante

Resumo


Esse artigo avalia a estratégia de maximizing shareholder value para uma amostra de empresas não financeiras de capital aberto entre 1997 e 2013 e estima seu impacto sobre o emprego em respectivos setores de atividade econômica. Para se estimar tais efeitos, utiliza-se o método de mínimos quadrados em dois estágios, com base na teoria da reação em cadeia. Os resultados indicam que o aumento da distribuição de dividendos, via maximizing shareholder value, tem efeitos negativos sobre o investimento produtivo, que, por sua vez, desacelera a criação de empregos.


Palavras-chave


Financeirização; Maximizing Shareholder Value; Empresas não-Financeiras; Emprego

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.74059



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456