UMA ANÁLISE DA DESIGUALDADE DO CRÉDITO ENTRE OS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - 2000-2009

Luciana da Cruz Thomazi, Luiz Fernando de Paula

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar a distribuição regional do crédito no Estado do Rio de Janeiro, em particular o comportamento de agências e a distribuição do movimento financeiro bancário, e suas relações com a dinâmica de desenvolvimento econômico no Estado do Rio de Janeiro. Para tanto, foram construídos indicadores a partir de dados relativos à atividade econômica e do balanço consolidado das agências bancárias dos 92 municípios fluminenses para o período de 2000 a 2009. Através da análise destes indicadores conclui-se que a despeito da forte concentração econômica e de crédito na região metropolitana do Estado do Rio de Janeiro, as cidades do interior vem apresentando um dinamismo diferenciado evidenciando certa tendência à desconcentração do crédito, acompanhando a tendência de desconcentração econômica, reforçando a relação entre desenvolvimento econômico e financeiro e a concepção de que o movimento financeiro se concentra no entorno de cidades de forte dinamismo econômico.


Palavras-chave


economia regional; setor bancário; desigualdade na oferta de crédito

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.73601

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456