UMA AVALIAÇÃO DA POLÍTICA MONETÁRIA NOS REGIMES DE METAS CAMBIAIS E DE METAS PARA INFLAÇÃO

Filipe Rodrigues dos Santos, Luckas Sabioni Lopes, Thiago Costa Soares, Luiz Antônio de Lima Júnior

Resumo


Este artigo objetiva comparar o desempenho da condução da política monetária nos regimes de câmbio administrado e de metas para inflação no período pós-Plano Real (1995-2014). Para tanto, estimam-se modelos de regressões autovetorais (VAR) com dados mensais no período considerado. As estimações mostram que, sob o regime de âncora cambial, a autoridade monetária não foi capaz de controlar adequadamente o indicador de inflação. Os choques nos juros não impactaram os preços e surtiram efeitos altamente recessivos sobre o produto. No regime de metas para inflação, verifica-se significativa influência da taxa básica de juros sobre o produto, as expectativas de inflação e a inflação efetiva. As análises em diferentes amostras durante o regime de metas mostram, contudo, uma perda de eficácia da política monetária entre os anos de 2010 e 2014. Conclui-se, portanto, que a simples adoção do regime de metas não é garantia de bom desempenho da política monetária no Brasil. A capacidade de ajustar a economia depende crucialmente do comprometimento do Banco Central com as boas práticas que fundamentam a abordagem.

Palavras-chave


Política monetária; Câmbio administrado; Metas para a Inflação; VAR; Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.72204



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456