LIBERALISMO OU DESENVOLVIMENTISMO ASSOCIADO? UMA INTERPRETAÇÃO DA POLÍTICA ECONÔMICA DO GOVERNO DUTRA (1946-1950)

Leonardo Staevie Ayres, Pedro Cezar Dutra Fonseca

Resumo


O objeto deste artigo é discutir a política econômica do governo de Eurico Gaspar Dutra (1946-1950), em especial a controvérsia da literatura sobre o tema, polarizada na questão de se pode ser considerada continuidade ou ruptura com relação ao projeto de industrialização por substituição de importações presente na economia brasileira desde a década de 1930. Para tanto, defende-se que há evidências de continuidade com relação às políticas desenvolvimentistas. Em adição, argumenta-se que não se trata de liberalismo ou ortodoxia, como defende parte da literatura, mas de outro estilo ou padrão de desenvolvimento, diferente do nacional-desenvolvimentismo de Vargas, mais favorável aos investimentos externos e a maior integração à economia internacional. Nesse sentido, conclui-se que o governo Dutra, embora represente uma continuidade com relação à industrialização, prenuncia ou antecipa as políticas desenvolvimentistas mais tarde executadas no governo Kubitschek (1956-1960).

 


Palavras-chave


Governo Dutra; Substituição de importações; Desenvolvimentismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.69270



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456