TAXA DE JUROS E DESDOLARIZAÇÃO DO ENDIVIDAMENTO PÚBLICO: UMA ANÁLISE PARA O BRASIL

Fernando Motta Correia

Resumo


O objetivo do artigo é verificar os determinantes da taxa de juros num contexto de desdolarização do endividamento público, tendo em vista a menor incerteza gerada com a mudança do perfil da dívida pública. É aplicada uma análise macrodinâmica na tentativa de identificar uma posição de repouso dinamicamente estável. Os principais resultados apontam para a possibilidade de a política monetária transmitir um efeito virtuoso na determinação do volume de investimentos, embora quando o modelo seja aplicado ao caso brasileiro, com base na análise das Funções de Respostas a Impulso, as evidências parecem demonstrar que a autoridade monetária brasileira reage de maneira conservadora inibindo esse efeito virtuoso.


Palavras-chave


Taxa de juros; Dívida pública; Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.6917



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456