DETERMINANTES DO CRÉDITO BANCÁRIO: UMA ANÁLISE COM DADOS EM PAINEL PARA AS MAIORES INSTITUIÇÕES

José Ricardo Fucidji, Diogo de Prince

Resumo


Este trabalho apresenta novas evidências empíricas sobre o comportamento do crédito bancário, usando dados das treze maiores instituições bancárias locais. Após uma breve revisão da literatura sobre as mudanças no setor bancário após o Plano Real e a oferta de crédito, estimamos dados em painel para a amostra de bancos no período de março de 2001 a junho de 2006. Nossos principais resultados são (1) uma correlação inversa robusta entre operações de crédito e aplicações em títulos públicos; (2) correlação positiva e robusta entre grau de alavancagem e PIB a preços constantes, de um lado; e operações de crédito, de outro. As variáveis grau de alavancagem e aplicações em títulos públicos parecem confirmar a elevada preferência pela liquidez do setor bancário. A taxa Selic e o índice da Basiléia, também incluídos, não eram estatisticamente significativos.

Palavras-chave


Setor bancário. Crédito. Estratégias bancárias.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.6066



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456