O IMPACTO DA DÍVIDA PÚBLICA SOBRE O SPREAD BANCÁRIO: UMA AVALIAÇÃO EMPÍRICA

Rodrigo dos Santos Branco, Luiz Fernando de Paula

Resumo


Este trabalho objetiva investigar a influência que as Letras Financeiras do Tesouro Nacional (LFT) podem ter sobre o spread bancário brasileiro no período 2001-2011. A hipótese subjacente é que a existência de títulos públicos atrelados diretamente à taxa básica de juros Selic inibe a ampliação de um mercado de crédito mais pujante, dado que são títulos de baixo risco e com rentabilidade capaz de inibir a concessão de empréstimos com taxas de juros menores, face ao maior risco inerente às operações de crédito. O artigo mostra evidências empíricas, através de um modelo de mínimos quadrados ordinários em dois estágios (MQ2E), de que a taxa Selic e a emissão de LFT impactam sobre os níveis do spread bancário no Brasil.


Palavras-chave


Spread bancário; Títulos públicos; Dívida pública.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.43632



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456