IMPACTOS REGIONAIS ASSIMETRICOS DA POLITICA CAMBIAL NO BRASIL: UMA ABORDAGEM COM O METODO VAR

Jacó Braatz, Gustavo Inácio de Moraes

Resumo


Neste artigo apresenta-se uma discussão sobre as políticas cambiais e seus potenciais efeitos assimétricos em termos regionais para o Brasil. O objetivo principal do estudo é analisar de que modo as economias estaduais são afetadas pelas variações no nível de câmbio. A estratégia metodológica se baseia na modelagem de vetores autorregressivos (VAR) para dados entre 2000 e 2011, disponíveis para os 13 principais estados brasileiros. Os resultados apontam para a confirmação de que há assimetrias nas respostas dos estados brasileiros frente a choques macroeconômicos comuns, já que são constatados impactos regionalmente diferenciados na amostra utilizada. Assim, demonstra-se que características como estrutura produtiva e inserção no comércio internacional das economias estaduais são de suma importância para se explicar os diferentes níveis de impactos, com diferenças bastante acentuadas na intensidade e temporariedade das respostas.

Palavras-chave


Política cambial; Impactos regionais; Vetores autorregressivos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.43342



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456