UMA AVALIAÇÃO DA SIMILARIDADE E DA SOFISTICAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES DOS PAÍSES DO CONE SUL

Orlando Monteiro da Silva, Jacqueline Silva Batista

Resumo


O objetivo deste estudo é fazer uma análise evolutiva da estrutura das exportações dos países do Cone Sul (Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai) no período entre 2000 e 2011. Para tanto, são utilizados índices de similaridade e de sofisticação das exportações que permitem avaliar a especialização das exportações, baseados no fato de que bens similares que cada dois países exportam para determinado mercado podem ser considerados competidores nesse mercado. Os resultados mostram que os indicadores de similaridade não avançaram no período estudado, enquanto os de sofisticação evoluíram abaixo da média mundial. De uma maneira geral, os países apresentaram uma pauta de exportações muito dependente dos produtos primários e agrícolas, para os quais eles já têm vantagem competitiva nos mercados internacionais. A mudança na estrutura da cesta de exportações apresentou crescimento menor do que a média dos demais países, indicando que os países do Cone Sul têm tido dificuldades em especializar-se nos produtos com conteúdo de renda elevado.

Palavras-chave


Cone Sul; Índice de similaridade; Sofisticação das exportações

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.42005



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456