CONSIDERAÇÕES SOBRE OS DETERMINANTES DO SPREAD BANCÁRIO NO BRASIL

Maria Juliana Zeilmann Fabris, Fernando Ferrari Filho

Resumo


O artigo objetiva contribuir para a análise dos determinantes da margem líquida de juros do sistema bancário brasileiro. Para tanto, foram analisados alguns desenvolvimentos a partir do modelo teórico proposto por Thomas Ho e Anthony Saunders (1981), bem como se verificou se a implementação do Regime de Metas de Inflação e do Sistema de Informações de Crédito surtiram efeitos sobre a evolução dos spreads.

Palavras-chave


Economia brasileira; Spread bancário; Análise econométrica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.26279



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456