RELAÇÕES ENTRE CRESCIMENTO ECONÔMICO, EXPORTAÇÕES E INVESTIMENTO DIRETO ESTRANGEIRO NO BRASIL

Lora dos Anjos Rodrigues, Mateus de Carvalho Reis Neves, Leonardo Bornacki de Mattos

Resumo


Neste artigo, examina-se a relação causal entre crescimento econômico (PIB), exportações e investimento direto estrangeiro (IDE) no Brasil durante o período que compreende os anos de 1947 a 2010. Para tanto, estimou-se um modelo VAR, a partir do qual foi realizado o teste de causalidade de Toda e Yamamoto entre as variáveis em estudo. A análise dos resultados evidencia uma relação unidirecional entre PIB e EXP, bem como entre EXP e IDE, indicando que as exportações podem ser consideradas um “mecanismo de efeito” entre o crescimento econômico e os investimentos diretos estrangeiros. Tais resultados convergem para a importância dos investimentos em infraestrutura, dentre outros, como promotores do desenvolvimento nacional.


Palavras-chave


Crescimento econômico; Exportações; Investimento Direto Estrangeiro

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.22854



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456