REFLORESTAMENTO E SEQUESTRO DE CARBONO NO CERRADO DE MATO GROSSO: ANÁLISE DE VIABILIDADE ECONÔMICA

Sirlene Gomes Pessoa, Benedito Dias Pereira, Regina Célia Carvalho

Resumo


Com adoção da taxa interna de retorno (TIR) como metodologia de análise econômica, investiga-se a viabilidade econômica da produção de 200 hectares das espécies de eucalipto mais cultivadas em Mato Grosso (urograndis, citriodora e camaldulensis), com três finalidades: sequestro de carbono, cultivo de madeira para geração de energia e produção conjunta (sequestro de carbono e cultivo de madeira) em municípios localizados no cerrado do Estado. Os projetos exclusivamente para sequestro de carbono revelaram-se economicamente inviáveis, diferentemente dos destinados exclusivamente para cultivo de madeira para geração de energia, além dos projetos com produção conjunta em determinados municípios, que exibiram viabilidade econômica.


Palavras-chave


Cultivo de eucalipto; Tecnologias limpas; Rentabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.17993



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456