COMPORTAMENTO DA TAXA DE CÂMBIO NO BRASIL: UMA ANÁLISE A PARTIR DA PARIDADE DESCOBERTA DA TAXA DE JUROS

Guilherme Ricardo dos Santos Souza e Silva, Marcelo Luiz Curado

Resumo


O objetivo central deste artigo é analisar o comportamento da taxa de câmbio no Brasil e sua relação com a taxa de juros. O modelo adotado para analisar a relação entre as variáveis é uma adaptação da paridade descoberta da taxa de juros. Os resultados obtidos, para o período compreendido entre janeiro de 2003 e março de 2008, sugerem que a variação cambial defasada e a variação do prêmio de risco foram os principais determinantes das flutuações na taxa de câmbio. Dessa forma, a política monetária teria menor influência no período considerado pelo estudo. A influência do prêmio de risco indica a relevância da situação internacional e das variáveis macroeconômicas para o entendimento das variações cambiais.


Palavras-chave


Taxa de câmbio; Paridade descoberta da taxa de juros

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.17145



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456