A DISTRIBUIÇÃO DE SLOTS E A CONCORRÊNCIA NO SETOR DE AVIAÇÃO CIVIL BRASILEIRO

Leonardo Bispo Jesus Júnior, Hamilton de Moura Ferreira Júnior

Resumo


A indústria de aviação civil brasileira passou por profundas mudanças, a partir dos anos de 1990, com liberalização dos mercados de transporte aéreo de passageiros, o que ocasionou importantes alterações no modelo de operação da malha aérea; sendo a mais evidente a substituição do sistema point-to-point pelas redes hub-and-spoke. A combinação do atual modelo de negócios das companhias com a configuração da infraestrutura aeroportuária e de tráfego aéreo tem se revelado altamente ineficiente. Com vistas nestes aspectos, o objetivo deste trabalho é fazer uma apreciação da concorrência no setor de aviação civil brasileiro, utilizando como unidade de análise as indústrias em rede na presença de instalações essenciais; aqui representado pelo acesso aos slots - horários de pouso e decolagem - dos aeroportos congestionados. A principal conclusão é que a distribuição de slots é de fundamental importância para estabelecer o nível de concorrência na indústria de transporte aéreo de passageiros.

 


Palavras-chave


Aviação civil; Brasil; Transporte aéreo; Concorrência

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.14827



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456