EFEITOS DA COMPOSIÇÃO DOMICILIAR E DA ESCALA EQUIVALENTE SOBRE AS MEDIDAS DE DESIGUALDADE DE RENDA E DE POBREZA NO BRASIL

Erik Alencar de Figueiredo, Jorge Luiz Mariano

Resumo


Este trabalho tem o objetivo de mensurar a sensibilidade de algumas medidas de desigualdade de renda e de pobreza, no Brasil, a variações nas escalas equivalentes e na composição dos domicílios. O estudo segue o referencial teórico desenvolvido por Coulter, Cowell e Jenkins (1992a) e aplica uma abordagem empírica é baseada nas informações da renda e da composição domiciliar brasileiras no ano de 2006. As informações foram extraídas da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios (PNAD). Os principais resultados evidenciam para uma alteração estatisticamente significativa nos índices, indicando que a consideração de julgamentos morais e/ou parâmetros ad hoc causa feitos relevantes sobre as medidas de desigualdade e de pobreza.


Palavras-chave


Desigualdade; Pobreza; Escala equivalente

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.11115



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456