ANALISANDO A MODERNIZAÇÃO DA AGROPECUÁRIA GAÚCHA: UMA APLICAÇÃO DE ANALISE FATORIAL E CLUSTER

Clailton Ataides de Freitas, Marlon Vidal Paz, Danieli Scalcon Nicola

Resumo


O processo de modernização da agricultura brasileira até a abertura da economia, a partir de 1990, teve forte participação do Estado através das políticas agrícolas. Contudo, nem todas as regiões foram beneficiadas de forma homogênea com o grande avanço tecnológico observado na agropecuária brasileira. O tratamento formal dos dados, com o objetivo de caracterizar o processo de modernização agropecuária do Rio Grande do Sul, através de duas ferramentas da estatística multivariada, evidenciou que os municípios de maior nível de desenvolvimento tecnológico na agricultura gaúcha foram aqueles vinculados à utilização da irrigação associada com o uso intensivo da mão-de-obra. Ao passo que os municípios de agricultura tecnologicamente menos desenvolvida são aqueles que utilizam a mão-de-obra de forma mais extensiva e baixa intensidade do uso de adubos, corretivos e assistência técnica.

Palavras-chave


Indicadores de modernização agropecuária. Rio Grande do Sul. Análise de cluster.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10873



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456