A NON-PARAMETRIC TEST OF THE SOLOW-SWAN GROWTH MODE

Adalmir Marquetti

Resumo


Este artigo utiliza regressão local, um método não paramétrico, para testar o modelo de Solow-Swan em relação aos modelos de crescimento endógeno. A visualização da função de produção agregada revela a presença de retornos marginais decrescentes ao capital, em particular, para países com baixa relação capital-trabalho. A estimativa por regressão local da taxa bruta de lucro mostra que essa declina com o aumento da relação capital trabalho. Apesar dos resultados favorecerem o modelo de Solow-Swan, há indicações de que os modelos de crescimento endógeno representam uma boa aproximação para os países de elevada relação capital trabalho.

Palavras-chave


Crescimento econômico. Métodos não-paramétricos. Função de produção.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10868



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456