UMA AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DA ENTRADA DE BANCOS ESTRANGEIROS NO SETOR BANCÁRIO BRASILEIRO

Marcos Roberto Vasconcelos, José Ricardo Fucidji

Resumo


Desde meados dos anos 1990, o Brasil vem passando por um processo de consolidação e internacionalização do seu sistema bancário. Entre os vários efeitos desse processo, dois aspectos são aqui abordados, quais sejam, a evolução do crédito e os indicadores operacionais e de eficiência dos principais bancos públicos, privados nacionais e privados com controle estrangeiro. O objetivo é verificar duas hipóteses comumente apresentadas nas discussões sobre setor bancário dos países em desenvolvimento: (i) a de que o ingresso de bancos estrangeiros nesses países promoveria a expansão do crédito; e (ii) a de que tais bancos seriam mais eficientes que os congêneres domésticos. Mostra-se nesse trabalho que tais hipóteses parecem não ser referendadas pela experiência brasileira nos últimos sete anos.

Palavras-chave


Setor bancário. Reestruturação. Crédito. Eficiência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10728



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456