ECONOMIA DO CRIME: ELEMENTOS TEÓRICOS E EVIDENCIAS EMPÍRICAS

Gilberto José Schaefer, Pery Francisco Assis Shikida

Resumo


Este trabalho analisa a economia do crime em Toledo (PR),
via entrevista dos réus julgados e condenados por crimes lucrativos. Como corolário, os principais motivos de migração para as atividades criminosas foram: indução de amigos; necessidade de ajudar no orçamento familiar; e princípio hedonístico do "ganho fácil". Os fatores que levaram ao insucesso dessa atividade foram mormente o descuido e a eficiência policial. A maioria dos entrevistados respondeu que o retorno econômico e pessoal de suas atividades criminosas não foi compensador. Mais emprego (com remuneração digna), estudo e oportunidade, são pontos levantados pelos entrevistados no sentido de diminuir/coibir os crimes lucrativos.

Palavras-chave


Economia do crime. Crime lucrativo. Entrevista.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10682



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456