A EVOLUÇÃO DA INDÚSTRIA BRASILEIRA DE CELULOSE E SUA ATUAÇÃO NO MERCADO MUNDIAL

Emerson Martins Hilgemberg, Carlos José Caetano Bacha

Resumo


Este texto analisa a evolução histórica da indústria brasileira de celulose, com especial atenção para o segmento exportador, mostrando que o desenvolvimento desta indústria foi, em grande parte, condicionado pelas políticas públicas que objetivaram, desde sempre, torná-la competitiva no mercado mundial. Desta forma, a política pública, levada a cabo em boa parte pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) contribuiu, de maneira decisiva, para a criação e organização do setor exportador de celulose brasileiro, tal qual ele se apresenta hoje. Os resultados desta política orientada para a criação de uma indústria capaz de gerar excedentes exportáveis são avaliados em seguida, considerando-se a evolução das exportações brasileiras de celulose. Além disso, são estabelecidas as principais características, tanto dos maiores concorrentes do Brasil, como também dos maiores mercados consumidores.

Palavras-chave


Indústria brasileira de celulose. Exportação de celulose. BNDES. Mercado externo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10679



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456