A INSTABILIDADE FINANCEIRA NOS ANOS 90: ALGUMAS IMPLICAÇÕES PARA AS ECONOMIAS CAPITALISTAS PERIFÉRICAS

André Moreira Cunha, Daniela Magalhães Prates

Resumo


Nos últimos anos, os esforços de liberalização e de maior integração econômica, especialmente em sua dimensão financeira, têm sido acompanhados por crises freqüentes. Este artigo pretende explorar como o mainstream da economia tem percebido esta instabilidade. Em seguida, argumenta-se que sua visão é limitada, gerando, do ponto de vista do desenvolvimento econômico, uma agenda restritiva para as economias periféricas.

Palavras-chave


Globalização. Fluxos de capitais. Crises financeiras. Países em desenvolvimento.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10634



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456