Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Brasileira de Estudos da Presença tem como principal finalidade a divulgação de pesquisas artístico-científicas no campo das Artes Cênicas e nas áreas de interface que dão sustentação e mantém diálogo com as diferentes linguagens e os múltiplos contextos das artes e das ciências do espetáculo vivo, em especial, a Educação, a Antropologia, a Filosofia e a História.

A revista publica, preferencialmente, trabalhos oriundos de estudos teóricos, experimentações práticas, pesquisas, reflexões e debates polêmicos e atuais, procurando oferecer aos seus leitores textos de qualidade e excelência, tanto de pesquisadores nacionais como traduções de trabalhos de pesquisadores estrangeiros.

A linha editorial da revista contempla temáticas e metodologias inovadoras e de pouca divulgação nos veículos da área, enfatizando a experimentação e as abordagens contemporâneas, além de publicar trabalhos já consagrados no que tange à forma e/ou à argumentação. A ideia de Presença funciona para a linha editorial como um catalisador por intermédio do qual confluem perspectivas de pesquisa e análise que tenham como ênfase os processos criativos, em especial no teatro e na dança.

Publicam-se textos inéditos em português ou espanhol. A editoria pode convidar os autores lusófonos e hispanofalantes a enviarem versões em inglês para publicação bilíngue. A revista aceita originais em inglês e francês de autores estrangeiros e providencia versões para o português para publicação bilíngue.

A revista é organizada em seções temáticas que visam a induzir temas e abordagens, criando interfaces entre metodologias e teorias diferentes, assim, a revista dá preferência a textos que façam avançar a posição dos conhecimentos em Artes Cênicas.

 

Políticas de Seção

Outros Temas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

A Revista Brasileira de Estudos da Presença recebe tanto propostas de textos individuais quanto proposições de seções temáticas. Ambos são avaliados pelo princípio da avaliação cega por pares, ou seja, a partir de pareceres de, pelo menos, dois especialistas de Estados ou países diferentes do Estado ou país do autor.

A revista aceita textos sob a forma de artigos científicos, evitando receber para avaliação textos que sejam: apenas projetos de pesquisa ou relatórios; somente revisão de literatura; recortes de trabalhos acadêmicos sem adaptação; relato de experiência sem discussão teórica aprofundada; incompletos ou insuficientemente elaborados para a temática que propõem; fora da área das Artes Cênicas e das áreas correlatas; escritos de maneira não acadêmica ou que contenham muitos erros de linguagem e digitação; formatados a partir de regras diferentes das praticadas pela revista.

A Revista publica, ainda, ensaios, em função da importância que esse tipo de texto tem para a área, além de documentos de artistas, ou seja, textos livres, experimentais, poéticos ou em outras formas.

Os textos a serem avaliados passam por três fases. Na primeira fase, o texto é encaminhado a dois pareceristas do conselho editorial ou a pareceristas ad hoc, (especialistas na área ou na abordagem do artigo em avaliação). Na segunda fase, os editores encaminham os textos que obtiveram dois pareceres favoráveis à publicação; devolvem aos autores os textos que obtiveram dois pareceres desfavoráveis; encaminham a um terceiro avaliador os textos que possuem dúvida ou contra-senso na avaliação; e, enviam aos autores os textos os quais os avaliadores fizeram sugestões de modificações como condição para publicação, dando um prazo de 30 dias para tais reformulações. A terceira fase consiste na avaliação das modificações feitas pelos autores, quando isso for necessário, e no encaminhamento dos textos aprovados para a revisão da linguagem e para a normalização. No intuito de fazer avançar a produção da área, todas as fases de avaliação estão acompanhadas de pareceres descritivos.

A proposição de seção temática pode ser feita por um pesquisador que deve enviar de seis a dez textos, sendo, no mínimo, um texto de autor vinculado a instituição estrangeira. A seção deve possuir uma temática clara e diversidade de abordagens e vir apresentada pelo organizador, além dela reunir textos de pesquisadores de diferentes instituições, tendo, no máximo, um texto por autor ou co-autor. O processo de avaliação das seções temáticas propostas segue o mesmo dos artigos individuais, conforme descrito acima.

A revista pode, ainda, no sentido de incitar determinadas temáticas, convidar pesquisadores para enviar textos, em proporção bem inferior aos textos avaliados e sob a condição de se tratar de contribuição importante para a área. A revista aceita artigos a partir de comunicações de pesquisa já publicadas em Anais de eventos, desde que sejam substancialmente revistos e aumentados.

 

Periodicidade

trimestral

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Não há taxas para submissão e avaliação de artigos.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Indexadores

SciELO - Scientific Electronic Library Online - www.scielo.br/rbep

DOAJ - Directory of Open Access Journals - http://www.doaj.org/doaj?func=issues&jId=89248&uiLanguage=en

LATINDEX - Sistema Regional de Información en línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal http://www.latindex.unam.mx/buscador/ficRev.html?folio=22618&opcion=1

PLURIDOC - http://www.pluridoc.com/Site/FrontOffice/default.aspx?module=Files/FileView&IDU=67015&state=FD

ULRICHSWEB - Global Serials Directory - http://ulrichsweb.serialssolutions.com/login

DIADORIM - Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras - http://diadorim.ibict.br/handle/1/491

PERIODICOS - Portal de Periódicos Capes - http://www-periodicos-capes-gov-br.ez45.periodicos.capes.gov.br/

PROQUEST - International Index to Performing Arts - http://www.proquest.com/en-US/catalogs/databases/detail/iipa.shtml

REDALYC -Sistema de Información Científica Redalyc - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal - http://www.redalyc.org/revista.oa?id=4635

REDIB - Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico - https://www.redib.org/recursos/Serials/Record/oai_revista2656-revista-brasileira-estudos-presenca


 

Conflito de interesses

Conflitos de interesses podem surgir quando autores, revisores ou editores possuem interesses que, aparentes ou não, podem influenciar a elaboração ou avaliação de manuscritos. O conflito de interesses pode ser de natureza pessoal, comercial, política, acadêmica ou financeira. 

Quando os autores submetem um manuscrito, eles são responsáveis por reconhecer e revelar conflitos financeiros ou de outra natureza que possam ter influenciado seu trabalho. Os autores devem reconhecer no manuscrito todo o apoio financeiro para o trabalho e outras conexões financeiras ou pessoais com relação à pesquisa. O relator deve revelar aos editores quaisquer conflitos de interesse que poderiam influir em sua opinião sobre o manuscrito, e, quando couber, deve declarar-se não qualificado para revisá-lo. Se os autores não tiverem certos do que pode constituir um potencial conflito de interesses, devem contatar a secretaria editorial da Revista.

 

Política de Plágio

A Revista adota o sistema CrossRef para identificação de plágio.

 

Principios Éticos e procedimentos para evitar más práticas na produção científica

1) Da responsabilidade dos autores
- Os autores são responsáveis pelo conteúdo de seus artigos, assim como pelos direitos autorais de imagens, videos e quaisquer elementos textuais ou complementares ao seu artigo.

 - Os autores estão de acordo em trabalhar gratuitamente no processo de revisão por pares para este periódico no futuro.

- Os autores declaram que têm contribuição significativa para a pesquisa divulgada em seu artigo, quando for o caso.

- Os autores obrigam-se a oferecer ao periódico retratações ou correções de eventuais erros.

- Os autores devem assegurar que seu texto é obra original e não devem submeter o mesmo texto para mais de uma revista.

- Caso o artigo tenha sido escrito com base em pesquisa que apresenta reais riscos para os participantes, é obrigatória a apresentação de parecer do Comitê de Ética da instituição do pesquisador.

2) Do processo de avaliação

- Todos o conteúdos da revista é submetido à revisão por pares pelo método avaliação por pares duplo-cego.
- Avaliação por pares é o processo de obter pareceres sobre manuscritos individuais de avaliadores peritos no campo. Esse processo está claramente descrito no nosso site.
- Os pareceres devem ser o mais objetivos possível e suficientemente embasados para que permitam o aprimoramento da pesquisa e do texto avaliados.

- Os avaliadores não devem ter conflitos de interesse e declaram isso por escrito no sistema da revista, ao realizar uma avaliação.

- Os avaliadores devem sempre chamar a atenção para textos ou trechos já publicados e que não tenham sido propriamente citados.
- Todos os artigos avaliados são tratados de forma confidencial.

- A revista entende que qualquer forma de plágio não é aceitável e usa ferramentas de revisão antiplágio.

- A decisão final sobre a publicação ou não de um texto cabe aos editores. Sempre que um texto tenha qualidade acadêmica e cumpra os critérios estabelecidos pela revista, ele é encaminhado para a avaliação por pares duplo-cega de, no mínimo, dois avaliadores.

- Os únicos critérios de avaliação são o mérito acadêmico do texto e o aprimoramento da qualidade do conhecimento, não havendo discriminação aos autores, por quaisquer razões.

- Não é permitido aos editores usarem informações constantes nos artigos em avaliação sem o consentimento explícito dos autores.

- Os editores estão disponíveis para responder qualquer questão ética ligada a uma submissão.

 

3) Da Ética na Publicação

- Editores fazem esforços consideráveis para evitar e prevenir a publicação de artigos em que tenha ocorrido má conduta na pesquisa.
- Em nenhum caso, incentivamos más condutas ou permitimos que elas aconteçam.
- Qualquer alegação de conduta imprópria de pesquisa são imediatamente averiguadas.

- A revista publica erratas para corrigir artigos quando necessário.
- A revista esté sempre disposta a publicar correções, esclarecimentos, direito de resposta, retrações e desculpas quando necessário.

4) Dos Direitos de Autor e Do Acesso Universal

- As licenças usadas pelo periódico estão descritas neste site.
- Todos os artigos em conteudo completo estão livres de taxas e são disponibilizados em sua totalidade para qualquer leitor sem a necessidade de cadastro ou senha.

5) Dos demais princípios
- As informações sobre a propriedade, os direitos autorias e/ou gestão da revista estão claramente indicados no menu “sobre” no site da revista.
- Esta revista publica um número a cada quatro meses, além de usar a modalidade ahead of print.
- Este periódico não cobra nenhum tipo de taxa de submissão, avaliação ou publicação, mas pode requerer a tradução do artigo a ser enviada pelo próprio autor.

 

Pareceristas ad-hoc 2015-2016

Alba Pedreira Vieira - Universidade Federal de Viçosa – Vicosa/ MG, Brasil

Aldo Victorio Filho – Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Rio de Janeiro/RJ, Brasil

Alexandre Silva Nunes - Universidade Federal de Goiás - Goiânia/GO, Brasil

Alice Stefânia Curi - Universidade de Brasília – Brasília/DF, Brasil

Amadeu de Oliveira Weinmann – Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Porto Alegre/RS, Brasil

Amilcar Araujo Pereira - Universidade Federal do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro/RJ, Brasil

Ana Carolina da Rocha Mundim - Universidade Federal de Uberlândia – Uberlândia/MG, Brasil

Ana Cristina Colla – Universidade Estadual de Campinas – Campinas/SP, Brasil

Ana Flavia Magalhães Pinto - Universidade Estadual de Campinas - Campinas/SP, Brasil

Ana Paula Hofling - University of North Carolina – Greensboro, EUA

André Pietsch Lima - Universidade Federal do Paraná – Curitiba/PR, Brasil

Andrea Vieira Zanella – Universidade Federal de Santa Catarina – Florianópolis/SC, Brasil

Angeline Shaka - University of North Carolina - Chapel Hill, EUA

Arianna Berenice De Sanctis - Maison des Sciences de l'Homme Paris Nord – Paris, França

Belidson Dias Bezerra Junior - Universidade de Brasília – Brasília/DF, Brasil

Bya Braga - Universidade Federal de Minas Gerais – Belo Horizonte/MG, Brasil

Campbell Edinborough - University of Hull - Hull, Reino Unido

Carla Rodrigues - Universidade Federal do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro/RJ, Brasil

Catherine Turner - University of Exeter – Exeter, Reino Unido

Cassiano Quilici - Universidade Estadual de Campinas - Campinas/SP, Brasil

Cesário Augusto Pimentel de Alencar - Universidade Federal do Pará – Belém/PA, Brasil

Christine Douxami - École de Hautes Études en Sciences Sociales – Paris, França

Dagmar Aparecida França Hunger - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – Bauru/SP, Brasil

Daniel Furtado Simões da Silva – Universidade Federal de Pelotas – Pelotas/RS, Brasil

Daniela Goeller - University of Johannesburg – Joanesburgo, África do Sul

Edélcio Mostaço -  Universidade do Estado de Santa Catarina – Florianópolis/SC, Brasil

Eduardo Okamoto - Universidade Estadual de Campinas - Campinas/SP, Brasil

Eliane Beaufils - Université Paris 8 – Paris, França

Eliene Benicio Amâncio Costa - Universidade Federal da Bahia – Salvador/BA, Brasil

Eloisa Leite Domenici - Universidade Federal do Sul da Bahia – Porto Seguro/BA, Brasil

Eric Weitz - The University of Dublin – Dublin, Irlanda

Evani Tavares Lima - Universidade Federal do Sul da Bahia – Itabuna/BA, Brasil

Francisco Edilberto Barbosa Moreira - Universidade Federal do Pará – Belém/PA, Brasil

Gisela Costa Habeyche - Universidade Federal do Rio 
Grande do Sul – Porto Alegre/RS, Brasil

Giselle Guilhon - Universidade Federal do Pará – Belém/PA, Brasil

Hannah Kosstrin – The Ohio State University – Columbus, EUA

Hetty Blades – Coventry University – Coventry, Reino Unido

Ileana Wenetz - Universidade Federal de São Carlos – São Carlos/SP, Brasil

Isa Kopelman – Universidade Estadual de Campinas – Campinas/SP, Brasil

Izabela Brochado – Universidade de Brasília – Brasília – DF, Brasil

Janaína Martins – Universidade Federal de Santa Catarina – Florianópolis/SC, Brasil

Jane Alexandre - Antioch University – Nova Iorque, EUA

Joice Aglae Blondani - Universidade Federal de Uberlândia – Uberlândia/MG, Brasil

Jorge Veloso – Universidade de Brasília – Brasília/DF, Brasil

José Tonezzi - Universidade Federal da Paraíba – Paraíba/PB, Brasil

Jussara Trindade – Secretaria de Educação e Cultura do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro/RJ, Brasil

Ken Cerniglia - Disney Theatrical Productions – Nova Iorque, EUA

Luis Fernando Loaiza - Universidad de Caldas – Manizales, Colômbia

Maciej Rozalski - Academia de Ciências da Polônia – Varsóvia, Polônia

Magda Amabile Biazus Carpeggiani Bellini - Universidade de Caxias do Sul – Caxias do Sul/RS, Brasil

Marcos Motta – Universidade de Brasília – Brasília/DF, Brasil

Marcos Garcia Neira - Universidade de São Paulo – São Paulo/SP, Brasil

Maria Beatriz Medeiros – Universidade de Brasília – Brasília/DF, Brasil

Maria Clara Ferrer - Universidade Federal de São João del Rei – São João del Rei/MG, Brasil

Mariangela Almeida - Universidade Federal do Espírito Santo – Vitória/ES, Brasil

Marianna Monteiro - Universidade Estadual Paulista – São Paulo/SP, Brasil

Marina Marcondes Machado – Universidade de Uberlândia – Uberlândia/MG, Brasil

Marisa Martins Lambert - Universidade Estadual de Campinas – Campinas/SP, Brasil

Marta Araujo - Universidade de Coimbra – Coimbra, Portugal

Marton Sergio Moreira Maués – Universidade Federal do Pará – Belém/PA, Brasil

Matteo Bonfitto -  Universidade Estadual de Campinas – Campinas/SP, Brasil

Maurilio Rocha – Universidade Federal de Minas Gerais – Belo Horizonte/MG, Brasil

Mônica Fantin – Universidade Federal de Santa Catarina – Florianópolis/SC, Brasil

Mônica Ribeiro - Universidade Federal de Minas Gerais – Belo Horizonte/MG, Brasil

Nara Waldemar Keiserman – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro/RJ, Brasil

Nathalie Gauthard - Université de Nice – Nice, França

Nilton Silva dos Santos - Universidade Federal Fluminense – Niterói/RJ, Brasil

Paola Basso Menna Barreto Zordan – Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Porto Alegre/RS, Brasil

Paulina Maria Caon - Universidade de Uberlândia – Uberlândia/MG, Brasil

Rita Ribes – Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro/RJ, Brasil

Roberta Kumasaka Matsumoto - Universidade de Brasília – Brasília/DF, Brasil

Rogério Luiz Moraes Costa – Universidade de São Paulo – São Paulo/SP, Brasil

Rosália Maria Duarte – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro/RJ, Brasil

Rosana Monteiro – Universidade Federal de Goiás – Goiânia/GO, Brasil

Saulo Germano Sales Dallago – Universidade Federal de Goiás – Goiânia/GO, Brasil

Sayonara Sousa Pereira - Universidade de São Paulo – São Paulo/SP, Brasil

Silvia Maria Geraldi - Universidade Estadual de Campinas – Campinas/SP, Brasil

Simone Malaguti - Institut für Deutsch als Fremdsprache – Munique, Alemanha

Sonja Arnold – Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Porto Alegre/RS, Brasil

Sophie Lucet - Université Rennes 2 – Rennes, França

Suely Master – Universidade Estadual Paulista – São Paulo/SP, Brasil

Tanya Calamoneri - Colgate University – Nova Iorque, EUA

Tara Munjee - Rutgers University - New Brunswick, EUA

Thiago Silva de Amorim Jesus – Universidade Federal de Pelotas – Pelotas/RS, Brasil

Valmor Beltrame – Universidade do Estado de Santa Catarina – Florianópolis/SC, Brasil

Véronique Muscianisi - Maison des Sciences de l'Homme Paris Nord - Saint-Denis, França