MÍDIA, POLÍTICA E PESQUISAS DE OPINIÃO PÚBLICA

Fernanda Barth

Resumo


Este artigo propõe uma reflexão sobre a centralidade da mídia na política com ênfase nos processos eleitorais. Para isto investigamos como os mecanismos cognitivos operam na construção da identidade, do saber político dos indivíduos e, por conseqüência, das suas escolhas eleitorais. Priorizamos a análise bibliográfica contextualizada dos autores nacionais relacionados aos temas entre eles Lima (2004, 2006), Aldé (1996, 2001), Veiga (1998, 2002), Guazina (2004), Jorge (1997), Fontoura (2002) e Dias (1996). A conclusão é de que hoje é impossível pensar a esfera política fora das relações e influências dos mídia. Portanto, a centralidade da mídia em todos os processos políticos afeta desde a escolha dos candidatos, a construção da campanha e da estratégia de marketing até o resultado dos pleitos.

Palavras-chave


Mídia; Política; Opinião pública; Cognição; Campanha política.

Texto completo:

PDF


ISSN Eletrônico 1982-5269 / ISSN Impresso 2236-479X Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.