POSIÇÕES E TOMADAS DE POSIÇÕES NA CONSTITUCIONALIZAÇÃO DO DIREITO AO ESPORTE NO BRASIL

Felipe Canan, Fernando Augusto Starepravo, Juliano de Souza

Resumo


Buscamos identificar fatores histórico-sociológicos determinantes para que o esporte adquirisse o caráter de direito constitucional no Brasil. Revisitamos a história do período pré-constituinte, analisando-a 1) à luz de pressupostos do direito internacional em sentido lato e 2) das contribuições teóricas de Pierre Bourdieu. Ainda que as demandas da comunidade esportiva nacional tenham se dado em função da liberalização da iniciativa privada, certos movimentos dentro do campo político-esportivo, sobretudo influenciados por Manoel Tubino, agente com capital cultural em muito pautado em documentos internacionais, foram Políticas públicas. Direito internacional. Sociologia.


Palavras-chave


Políticas públicas. Direito internacional. Sociologia.

Texto completo:

PDF-POR


 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
Telefone: 51 33085882 | Fax: 51 33085811
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio