ANÁLISE DAS PRÁTICAS E O PROCESSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA: IMPLICAÇÕES PARA A FUNDAMENTAÇÃO DA EPISTEMOLOGIA DA PRÁTICA PROFISSIONAL

Luiz Gustavo Bonatto Rufino, Larissa Cerignoni Benites, Samuel de Souza Neto

Resumo


Objetivou-se, neste estudo, analisar e compreender as possibilidades de utilização de estratégias da Análise das Práticas (AP) para o engendramento da epistemologia da prática profissional, apresentando algumas técnicas e formas de uso que podem contribuir com os processos de formação de professores de Educação Física. Essas estratégias têm como desdobramento corroborar a análise dos saberes docentes, bem como tornarem-se possíveis instrumentos para os processos formativos e para as investigações científicas. Além disso, podem colaborar com o aprimoramento do trabalho docente na Educação Física, contribuindo com a valorização e o fortalecimento de sua legitimidade social. Por fim, considera-se fundamental que os professores possam compreender que suas ações engendram uma diversidade de saberes que muitas vezes ficam restritos ao âmbito privado. Dessa forma, a Educação Física pode se apropriar dessas estratégias, integrando-as ao conjunto de ações que permitam conceder à prática o estatuto de importância que lhe deve ser atribuído.

 


Palavras-chave


Educação Física e Treinamento. Ensino. Educação. Educação profissional.

Texto completo:

PDF-POR


 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
Telefone: 51 33085882 | Fax: 51 33085811
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio